Um pouco de poesia…

Momentos que se foram.
Mas continuam pulsando.
Aquilo que continua.
Que insiste, e persiste, dentro de mim.
Sem expectativas.
O que é gostoso continua.
Permanece vivo.
E ainda não foi.
Bom? Ruim?
Pra mim? Ou pra você?
Não sei…
Apenas deixo fluir.
Deixo acontecer.
O desejo ainda existe.
Ardente. Latente.
Até quando?
Não era o fim?
Fim.
Determina o que acabou.
O que não vai mais continuar.
Mas vira e mexe, meu pensamento volta.
Tudo de novo.
Os olhares.
A boca apertada.
O desejo ardente pelo teu toque.
O que ainda provoca o corpo.
Que arrepia minha pele.
E está bom assim.
Eu vivo.
Eu apenas vivo.
O hoje.
Amanhã?
Amanhã é futuro.
E dele, não conheço nada.
Só reconheço a certeza do seu cheiro.
Por que ainda está impregnado em minha carne.
E esse, eu não esqueci.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s